Os árbitros regionais indicados pelas respetivas distritais que se apresentem para realizar o teste de avaliação de conhecimentos, caso passem, poderão apresentar-se na reciclagem de início de época de 2016/2017 e, mais tarde, no caso de serem aprovados, ascenderem a árbitros nacionais.
Na formação a realizar no Porto também três árbitros formandos que acabaram de fazer a formação vão prestar provas para poderem ascender a árbitros estagiários da distrital do Porto.
Assim sendo, sexta-feira, 26 de fevereiro, o Prof.
Luís Sénica estará no Auditório da Casa do Desporto no Porto na acção dirigida ŕs Associaçőes do Minho, Porto, Aveiro e Coimbra a partir das 21 horas.
Mais a sul, no sábado a partir das 10 horas, o Prof.
Nuno Ferrão abordará o tema “Comunicação Assertiva e o Árbitro” na Escola Secundária Leal da Câmara em Rio de Mouro para as Associaçőes de Patinagem de Lisboa, Setúbal e Alentejo.
Já no sábado, o Pavilhão Municipal de Tomar recebe a partir das 10 horas a acção dirigida ŕs Associaçőes de Patinagem de Leiria e Ribatejo pela mão do secretário técnico nacional, Prof.
Luís Gouveia.
“Um árbitro pode esperar desta acção contributos para melhorar a sua participação no jogo, nomeadamente no que se refere ŕ comunicação que tem de ter com todos os intervenientes desde jogadores que são os mais directos até aos treinadores, dirigentes e público inclusivamente”, sumariza o Prof.
Luís Gouveia, que explica um pouco a necessidade desta acção.
“Um árbitro não pode ir para um jogo a pensar que vai para uma tarefa fácil porque cada vez é mais complexa, e um árbitro é cada vez mais fundamental num jogo, não só dirigindo-o mas também sabendo a forma como deve actuar, posicionar e comunicar, que é esse o grande objectivo destas acçőes”, explica.


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins