A seleção nacional de hóquei em patins conquistou este ano o 16º título mundial, o 2º conquistado em Espanha. O primeiro havia sido conquistado há 59 anos, em 1960!

Alberto Moreira, Amadeu Bouçós, Carlos Bernardino, Fernando Adrião, Francisco Velasco, José Vaz Guedes, Pompílio Silvestre, Rui Soares Faria, Victor Piedade Domingos e Virgílio Domingos e treinada por António Raio coadjuvado por Cipriano Santos, foram os Campeões do Mundo de 1960.

Com um percurso imaculado, Portugal conquistou assim o seu 8º título mundial, só com vitórias: Itália (3×2), Bélgica (5×1), R.A.U. – República Árabe Unida (14×0), Holanda (7×1), Argentina (8×1), França (3×0), Inglaterra (10×0), Alemanha (8×3), Espanha (3×1).

À semelhança do que viria a acontecer 59 anos depois, mas por via terrestre, a equipa nacional foi recebida de forma entusiasta em Portugal, como testemunha Francisco Velasco, jogador da seleção nacional e campeão do mundo de 1960:

Mas o que estava para vir, a recepção absolutamente apoteótica de que fomos alvos no regresso, mal ultrapassámos a fronteira, foi demasiado inesperado deixando-nos completamente surpreendidos.

Este sábado, a Federação de Patinagem de Portugal associa-se ao grupo de amigos e ex-jogadores de hóquei em patins dos Campeões do Mundo de 1960, num almoço de homenagem aos atletas e equipa técnica que, então, levantaram o troféu de vencedores do XIV Campeonato do Mundo , em Madrid.

Toor Azemad

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins