Nas vésperas da entrada em rinque para a Fase de Grupos da Taça das Nações – que decorre em Montreux até domingo – e antes da partida para a Suíça, falámos com Ângelo Girão sobre como está a ser este regresso à seleção nacional e quais foram as sensações nestes dias de preparação.

FPP – Como está a ser este regresso aos trabalhos com a seleção nacional?

AG – Está a ser bom. É um espaço que já conheço há muitos anos, um sítio onde me sinto bem, muito acarinhado por todos, onde sou muito feliz e onde posso ser a pessoa que sou e costumo ser. É sempre bom voltar a representar o teu país – é o sonho mais alto de qualquer atleta, já o disse muitas vezes e vou continuar a dizer: representar o país sempre foi o meu sonho e continua a ser. Mas principalmente por estar ao lado destas pessoas de quem gosto tanto e onde me sinto realmente muito protegido e acarinhado.

FPP – Quais foram as primeiras sensações depois destes dias de trabalho?

AG – Foram boas. Estamos com uma equipa técnica nova. O Paulo  Freitas e o Miguel Camões são pessoas que já conheço há muito tempo, mas essencialmente pela parte dos treinos, que como já não nos vemos há algum tempo, é sempre uma parte engraçada. Passamos muito tempo juntos dentro e fora do campo, mas sabemos perfeitamente que é um curto espaço de tempo para prepararmos uma competição curta e intensa de cinco jogos, não vamos ter muitas unidades de treino, mas vamos à Suíça para ganhar. Só sabemos jogar dessa maneira com esta camisola.

FPP – Que antevisão fazes desta Taça das Nações?

AG – Penso que é uma Taça das Nações muito competitiva. Sabemos que a França tem um novo selecionador, que no seu clube está a fazer um grande trabalho, e tem uma seleção que tem vindo a fazer grandes resultados, é muito competitiva e está sem dúvida no lote daquelas seleções que podem ganhar. A Espanha, é sempre a Espanha e teremos a Suíça aqui um pouco como outsider, isto na Fase de Grupos. Mas esta seleção vai com o pensamento nela própria, de construir um grupo forte e sólido. Queremos ganhar algumas dinâmicas e começar a pensar nas ideias que o treinador quer implementar, mas acima de tudo, ganhar rotinas de jogo e conhecermo-nos um pouco melhor.

A Fase de Grupos começa esta sexta-feira. Portugal está inserido no Grupo de homenagem a António Livramento (Grupo B), juntamente com as seleções de França, Espanha, Itália e Suíça. No Grupo que homenageia Juan Antonio Samaranch (Grupo A) estão as seleções de Angola, Argentina, Itália e o clube anfitrião, o Hockey Club Montreux.

Agenda | Fase de Grupos

27/03/2024 | 20h00 | Portugal x Suíça
28/03/2024 | 20h00 | França x Portugal
29/03/2024 | 20h00 | Portugal x Espanha

Meias finais
30/04/2024

Final
31/04/2024

Todos os jogos da competição vão ser transmitidos na ELEVEN na DAZN.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins