Depois das vitórias em 2015 e 2016, a AP Porto sentiu a desilusão em 2017 ao perder a final para Lisboa, num jogo que só teve um golo.
A selecção orientada por Miguel Camőes partiu para a edição deste ano com um renovada ambição e venceu sucessivamente Leiria (0-5), Açores (19-0), Madeira (0-13) e Minho (3-1), garantindo desde logo um lugar nas “meias””.
Na derradeira jornada da fase de grupos, Porto não foi além de um empate (3-3) com Ribatejo e voltaria a empatar na meia-final, em tempo útil, com Coimbra.
Resolveria nas grandes penalidades (4-2), avançando para a final.
Lisboa esteve largos minutos a vencer, com um golo de Lucas Santos, mas Miguel Henriques – o máximo goleador da prova – restabeleceu a igualdade e, no prolongamento, assinou mais dois golos, terminando o evento com um total de 17 golos.
A vitória final por 3-1 dá o título ŕ Associação que organizou, com mestria, este Torneio.
A Associação de Patinagem do Alentejo conquistou o Prémio Disciplina.
Resultados do último dia AP Madeira 1-5 AP Aveiro AP Aveiro 5-0 Açores AP Setúbal 2-1 AP Alentejo AP Minho 7-8 AP Ribatejo AP Coimbra 1-3 AP Leiria AP Porto 3-1 AP Lisboa Classificação final 1º AP Porto 2º AP Lisboa 3º AP Leiria 4º AP Coimbra 5º AP Ribatejo 6º AP Minho 7º AP Setúbal 8º AP Alentejo 9º AP Aveiro 10º AP Madeira 11º Açores ”


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins