Com a abertura marcada pelo respeito de um minuto de silêncio pelas vítimas e devastação que o ciclone Idai causou em Moçambique, realizaram-se este sábado as Assembleias-Gerais Ordinárias da Federação de Patinagem de Portugal, em Lisboa.
1ª Assembleia-Geral A primeira Assembleia-Geral previa a Discussão e Votação do Relatório de Actividades, Relatório de Gestão, Balanço e demais documentos de prestação de Contas do Ano de 2018, tendo todos os documentos sido aprovados com 39 votos a favor e uma abstenção, entre os 40 delegados presentes.
2ª Assembleia-Geral A segunda Assembleia-Geral compreendeu a Leitura, Discussão e Votação das Atas n.ºs 3, 4 e 5 de 2018, das Assembleias-Gerais anteriores, aprovadas com 38 votos a favor e três abstençőes entre 41 delegados, bem como outros três temas a merecerem destaque.
Foi atribuída a Medalha de “BONS SERVIÇOS” ao Sr.
Vitor Manuel dos Santos Carvalho (“Chana”), referência do Hóquei em Patins, e ao Sr.
Luís Filipe Belém de Gouveia, por todos os serviços prestados ŕ modalidade em geral e a esta Federação em particular.
A proposta da Direcção da Federação de Patinagem de Portugal relativa ŕ alteração aos Estatutos, no Anexo Específico – Insígnias, Emblemas, Logotipos e Simbologia e relativas ao disposto no Artigo 3º, ponto 1, alínea 1.1, foi aprovada por unanimidade, passando agora as diferentes selecçőes nacionais a equiparem com um escudo com a cruz de Cristo e quinas ao peito.
No espaço reservado ao esclarecimento e análise de assuntos de interesse da Patinagem, foi anunciado um protocolo com a Azemad para o Mini-Hóquei, prevendo sticks e tabelas próprias, sendo também anunciada a integração de Paulo Ribeiro, do Comité de Skate, na World Skate Europe.
#YOUTUBE ccoIqp7Cd4c

Categorias: FPP

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.