A árbitra internacional Sílvia Coelho foi, na última 5ª feira, dia 17 de outubro, reconhecida pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) pelo seu contributo para a promoção do Cartão Branco, na cerimónia realizada no Museu Nacional do Desporto.

O Cartão Branco é uma iniciativa do IPDJ, através do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED), em parceria com a CAJAP – Confederação das Associações de Juízes e Árbitros de Portugal e a Coca-Cola. Consiste num “recurso pedagógico, pioneiro em Portugal, que visa reconhecer e destacar comportamentos eticamente relevantes na prática desportiva, realizados por atletas, treinadores/as, dirigentes, público e outros agentes desportivos”.

Ludovino Ferreira (Presidente Conselho de Arbitragem), Sílvia Coelho (árbitra de hóquei em patins) e Luís Sénica (Presidente da FPP)

Sílvia Coelho foi guarda-redes de hóquei em patins durante 10 anos. Tirou o curso de treinadora e de árbitra ainda enquanto jogadora. Após deixar os patins, foi treinadora e depois, desafiada por amigos, abraçou a arbitragem, há 13 anos.

Subiu à 1ª divisão em 2016/17 e estreou-se como árbitra internacional em 2017/18.

Considera que este reconhecimento se deve à forma pedagógica como encara a arbitragem e o papel do árbitro no jogo, bem como à relação de respeito que estabelece com todos os intervenientes no jogo, em todos os escalões.

Sílvia Coelho foi reconhecida juntamente com outros três árbitros, todos do mundo do futebol.

Toor Azemad

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins