Diogo Marreiros conquistou a medalha de bronze na prova de 10,000 metros por pontos no Campeonato do Mundo que decorre em Nanjing, na China.
O atleta garante para Portugal a primeira medalha em seniores numa prova individual, num feito histórico para a Patinagem de Velocidade portuguesa.
“Sinto-me muito feliz””, refere Diogo Marreiros, ainda sem cair em si com o feito alcançado.
“”Ainda me custa um bocado a acreditar, mas estou muito contente agora que o resultado já está confirmado””, afirma, descrevendo a prova.
“”A prova era difícil.
No início era suposto eu trabalhar para o Martyn Dias, mas ele não se sentiu bem e, na segunda parte, avisou-me e eu comecei a ir aos pontos.
Fiz dois pontos em primeiro lugar no meio da prova e depois, no sprint final, fiz mais 3 pontos e depois 5 pontos, que acabaram por ser suficientes para ganhar a medalha””, descreve.
“”É uma medalha muito importante para mim, depois da lesão do ano passado e de não termos participado no Mundial””, confessa, deixando um desejo para o resto da prova.
“”Até ao final do Mundial, espero ajudar o Martyn a atingir os seus objectivos e, se possível, também melhorar o meu registo””, conclui.
O treinador Alípio Silva estava naturalmente satisfeito.
“”Sinto-me muito feliz, satisfeito e orgulhoso””, vinca.
“”Para um país como o nosso, vir este ano ao Mundial e conseguir ganhar uma medalha, é um sinal de que temos lugar cá e que merecemos estar aqui todos os anos””, realça.”


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.