Portugal sagrou-se ontem, em Paredes, Campeão da Europa de Hóquei em Patins, em Sub-19, ao derrotar a seleção espanhola por 4-1, na final do Campeonato da Europa.

O jogo começou de forma bastante equilibrada, com as duas equipas a não querer arriscar demasiado na área adversária. A oito minutos do final do primeiro tempo, os espanhóis aproveitaram a vantagem em power play e marcaram o primeiro golo da partida, resultado com que se chegou ao intervalo.

©2021 Catarina Maria / FPP

Na segunda parte, a equipa das quinas voltou determinada a dar a volta ao resultado e conseguiu, com Lucas Honório (MVP do campeonato) a marcar três dos quatro golos que deram a vitória à equipa, assim como o guarda-redes Guga Bento, que defendeu todas as investidas dos espanhóis. No final da partida, com Espanha a tirar o guarda-redes e a jogar com cinco jogadores de campo, Tiago Sanches estabeleceu o resultado final em 4-1, garantindo a conquista do título Europeu para Portugal.

Este é o 20º título para Portugal, que o tinha conquistado pela última vez em 2016 (na então categoria de sub-20), em Pully, Suiça.

No final da partida, o selecionador Vasco Vaz não escondeu a emoção e fez questão de agradecer a todos os seus jogadores, afirmando que foi uma equipa que «esteve unida até ao fim. Sabíamos as dificuldades que tínhamos e conseguimos ultrapassá-las, graças a esta juventude que está aqui, e que tem futuro. Pela forma como se empenhou, a atitude que teve em campo e que demonstrou, os meus parabéns a estes rapazes que foram briosos».

©2021 Catarina Maria / FPP

Na opinião do treinador, «mesmo antes do intervalo já podíamos ter dado a volta ao resultado. Não conseguimos, paciência, não fomos eficazes. No entanto, a segunda parte foi toda nossa. Dominámos totalmente e acho que ainda ficaram mais golos por marcar».

Para Vasco Vaz, esta vitória passa a importante mensagem que «o hóquei está vivo, bem vivo e vai continuar vivo», pois «com esta estrutura, com esta rapaziada, penso que o hóquei tem futuro. E Portugal tem de se impor e vai continuar a impor-se, começando pelas camadas jovens e, já em outubro, na Mealhada (campeonato da Europa de Seniores Femininos), vamos continuar. Depois, em novembro (campeonato da Europa de Seniores Masculinos), estaremos cá também para conquistar. É uma questão de imposição do hóquei em patins como modalidade de elite em Portugal», afirmou.

Toor Azemad

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins