No âmbito do desenvolvimento do skateboarding, a FPP concluiu a aprovação junto do IPDJ para a formação de treinadores. Com a autorização para a organização de ações de formação complementar para a certificação dos treinadores que já se encontrem em exercício, seguindo um referencial de formação validado pelo Instituto.

Como legalmente estatuído a presença com aproveitamento nas ações de formação complementar permite aceder ao Título Profissional de Treinador de Desporto de Grau I e de Grau II.

Depois desta deliberação por parte do IPDJ, a FPP vai levar a cabo as formações em vários locais do país de acordo com os interessados até maio de 2021.

Com base nos dados recolhidos junto das pessoas que manifestaram interesse em participar nesta formação, está previsto a realização de uma formação para treinadores de Grau II de âmbito nacional e de duas formações para treinadores de grau I, na região de Lisboa e outra na região do Porto.

Posteriormente se existirem condições, poderão ser realizadas mais ações de formação complementar em diferentes regiões.

Estas formações são destinadas exclusivamente a treinadores/professores que exerçam ou tenham exercido a função de treinador/professor sem a respetiva certificação, caso cumpram os dois critérios de admissão, devidamente comprovados:

Critérios de admissão para a formação complementar de Grau I,

– Ser, ou ter sido, atleta e participado em provas no mínimo de 1 ano

– Ser, ou ter sido, professor/treinador de skateboarding no mínimo de 1 ano

 

Critérios de admissão para a formação complementar de grau II

– Ser, ou ter sido, atleta e participado em provas no mínimo de 3 anos

– Ser professor/treinador no ativo de skateboarding no mínimo de 3 anos

 

A participação dos treinadores é exclusiva a um dos graus formação previstos, e sujeito à aprovação por parte da DTN.

As ações de formação complementar têm uma carga horária de 45 horas para o grau I e 55 horas para o Grau II, distribuídas por formação e-learning e formação presencial.

Subdivididas em duas componentes, a primeira de formação geral realizada em sistema de e-learning e a segunda de formação específica em sistema presencial.

 

Calendarização, sujeita a possíveis ajustamentos:

Grau I Lisboa Sessão de abertura

 

Formação Geral

Formação específica

 

Vídeo conferência

 

E-learning

Presencial

15  julho – 19:00

 

15 julho

5 setembro – 09:00 – 18:00

6 setembro – 09:00 – 18:00

11 Setembro – 09:00 – 19:00

Grau I Porto Sessão de abertura

 

Formação Geral

Formação específica

 

Vídeo conferência

 

E-learning

Presencial

15 julho – 19:00

 

15 julho

26 setembro – 09:00 – 18:00

27 setembro – 09:00 – 18:00

10 outubro – 09:00 – 19:00

Grau II Lisboa Sessão de abertura

 

Formação Geral

Formação específica

 

Video conferência

 

E-learning

 

Presencial

7 setembro – 19:00

 

7 setembro

17 outubro – 09:00 – 18:00

18 outubro – 09:00 – 18:00

24 outubro – 09:00 – 19:00

 

Os locais de realização do curso serão definidos posteriormente.

 

Inscrições

As inscrições são efetuadas através do preenchimento da ficha de inscrição até ao dia 14 de julho.

https://docs.google.com/forms/d/1h-_Tz1yAzh-RKUXGl-F6zfGUZiFmtdEaWpUxLA9belQ/edit?usp=sharing

 

Cada ação de formação complementar tem um número máximo de 25 elementos.

 

Custos

A formação complementar de treinadores de grau I tem um valor de 120€ e de grau II de 150€.

Posteriormente ao processo de aceitação da inscrição receberá uma ordem de pagamento por multibanco para validar a participação na respetiva ação.

 

Destinatários

 

Treinadores/professores de skateboarding que reúnam as condições necessárias para a sua frequência tais como:

  • Idade mínima 18 anos
  • Escolaridade mínima em função da data de nascimento
Escolaridade mínimo obrigatória (de acordo com a lei) em função dos candidatos
4 anos Para indivíduos nascidos até 31/12/1966
6 anos Para indivíduos nascidos entre 01/01/1967 e 31/12/1980
9 anos Para indivíduos nascidos entre 01/01/1981 e 31/12/2002
12 anos Para indivíduos nascidos a partir de 01/01/2003 e/ou que se inscreveram no ano letivo de 2009/2010, no 1º e no 2º ciclo do ensino básico, ou no 7º ano de escolaridade.

 

  • Cumprimento dos critérios de admissão (definidos anteriormente)

 

Equivalências

Os candidatos que já tenham frequentado um curso de treinadores de outra modalidade no quadro do Programa Nacional de Formação de Treinadores (PNFT) e pretendam frequentar um curso de grau correspondente, necessitam de apresentar o certificado de qualificações do curso realizado para terem equivalência à componente de formação geral.

Os candidatos que possuem um Curso Académico na área de desporto em caso de apresentação do certificado de reconhecimento de competências emitido pelo IPDJ são dispensados da frequência da componente de formação geral.

O processo de equivalência da componente de formação geral não implica a redução do valor da inscrição.

 

Informações

Para qualquer esclarecimento devem enviar um email para formacao@fpp.pt ou entrar em contato com a DTN da FPP.

Categorias: FPPSkate