O FC Porto está apurado para a final da Liga Europeia, após ter vencido a UD Oliveirense por 6-4. A equipa de Oliveira de Azeméis entrou bem no jogo, surpreendendo os azuis e brancos com quatro golos sem resposta, ainda na primeira parte, por intermédio de Jordi Bargallo, Marc Torra, Henrique Magalhães e Lucas Martínez.

A correr atrás da desvantagem, o FC Porto não baixou os braços, inaugurando o marcador quando faltavam 10 minutos para o fim da 1ª parte, por Ezequiel Mena, reduzindo para 4-3 até ao intervalo, por Carlo di Benedetto e Poka.

©2021 Afonso Ferraz / FPP

Na segunda parte, novamente Benedetto restabelece a igualdade no marcador e Xavi Barroso marca o golo da reviravolta. Ezequiel Mena fechou a contagem nos 6-4 para o FC Porto.

No final do jogo, o treinador da UD Oliveirense, Paulo Pereira não esperava este resultado: «Depois de estarmos a ganhar 0-4, sabíamos que íamos ter de sofrer muito, mesmo com o 0-4 não estava garantida a vitória. Agora, não esperávamos este resultado. Queríamos muito ganhar e passar à final. Sabíamos que tínhamos muita gente também a puxar por nós, mas tenho de estar orgulhoso destes atletas. Fizeram tudo, hoje deram tudo». Na análise do treinador, «podíamos ter entrado na segunda parte como entrámos na primeira, tivemos logo duas ou três oportunidades na cara do guarda-redes. Se tivéssemos feiro esses golos de certeza absoluta que estava aqui com um sorriso nos lábios. O desporto é mesmo assim». «Acho que merecíamos outro resultado. Há que dar os parabéns ao adversário e estou extremamente orgulhoso dos meus atletas», acrescenta.

©2021 Afonso Ferraz / FPP

Do lado do FC Porto, na opinião de Guillem Cabestany, a UDO «fez um grande jogo e dificultou-nos muito a vitória e esta entrada mostra claramente que eles estavam muito preparados para encontrar os nossos pontos fracos na defesa, nos contra-ataques e nós facilitámos-lhes o trabalho no início do jogo». Para o treinador portista «começar 0-4 contra um adversário como é a UDO é melhor não arriscar tanto, porque não vai acontecer muito mais vezes recuperar de um resultado assim». «Temos menos de 24 horas mas, seja quem for o adversário de amanhã, temos de corrigir urgentemente, porque dois dias seguidos a dar vantagem deste modo não vai ser bom».

Os dragões aguardam agora o desfecho do jogo entre SL Benfica e Sporting CP hoje, às 21h para conhecerem o seu adversário.

A final realiza-se este domingo, às 17h30, com transmissão na RTP1.


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins