O empate a seis golos entre as duas equipas portuguesas permitiu a passagem de ambas à Final 4 da Liga Europeia, que se realiza nos dias 15 e 16 de maio, no Luso. À UD Oliveirense servia o empate para se classificar em 1º lugar do Grupo B, relegando para segundo lugar o campeão em título, que passa à próxima fase como o melhor segundo lugar.

Uma primeira parte rica em golos (nove, cinco dos quais em sete minutos), deixava antever um jogo rápido e intenso, com as duas equipas a dar o tudo por tudo para garantir a presença na Final 4. O Sporting CP foi o primeiro a marcar por Pedro Gil e Telmo Pinto. No mesmo minuto do 0 -2, Marc Torra reduz para a UD Oliveirense para, imediatamente no minuto seguinte, Toni Perez aumentar a vantagem do Sporting CP para 1-3. A UD Oliveirense chega à vantagem com golos de Vitor Hugo, Lucas Martinez e Marc Torra, mas é o Sporting CP que vai para o intervalo a ganhar, com Gonzalo Romero a empatar e João Souto a marcar o 4-5 para os leões.

Euroleague 2021 • @2021 Catarina Maria / FPP

A segunda parte revelou-se mais cautelosa, com as equipas a não querer arriscar muito. É Ferrant Font que inaugura o marcador neste segundo tempo, aumentando a vantagem do Sporting CP para 4-6 para, logo de seguida, Marc Torra reduzir, na recarga de um penalti assinalado ao Sporting CP. A cinco minutos do final da partida, Vitor Hugo marca o golo do empate e fixa o resultado final em 6-6.

Euroleague 2021 • @2021 Catarina Maria / FPP

Em relação ao jogo, o treinador dos leões, Paulo Freitas, admitiu que «pode ter sido um jogo agradável para quem o viu, eu não acho que tenha sido um bom jogo. Foi um jogo entretido. Acima de tudo ficamos contentes com o pragmatismo que os jogadores colocaram no jogo, a forma como conseguimos gerir os últimos minutos carregados com nove faltas, a inteligência que tivemos em deixar andar a Oliveirense por fora e em perceber que também não tínhamos de nos por a jeito e tínhamos de estar encaixados a defender sem haver qualquer contacto. Acima de tudo, satisfeitos com a presença na Final 4, que foi isso que nós aqui viemos buscar».

Já para Paulo Pereira, treinador da UD Oliveirense, os jogadores «voltaram a entrar ansiosos no jogo, à imagem do que aconteceu ontem e o Sporting aproveitou. Cometemos ali dois/três erros, que com estas equipas se pagam caro e sabíamos que não podíamos deixar o Sporting passar para a frente do marcador. Depois do 3-1 procurámos chegar o mais rápido possível ao golo, tivemos de andar sempre atrás do prejuízo, apenas com um período que passamos para a frente, mas foi pouco tempo. Quando chegou a parte final, tivemos de jogar com o resultado. Dois resultados serviam-nos: a vitória e o empate e aqui tivemos de gerir. Por aquilo que se passou no jogo, penso que o resultado é justo».

Na Final 4, a UD Oliveirense vai defrontar o FC Porto, enquanto o Sporting CP fica a aguardar o resultado do jogo do Grupo C, entre Benfica e Barcelona, hoje às 20h.

Toor Azemad

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins