Os dragőes adiantaram-se cedo no marcador – por Gonçalo Alves – e, antes que o SC Tomar conseguisse reagir, Hélder Nunes fez o segundo.
A equipa nabantina, pela primeira vez numa final da Taça de Portugal, reagiu bem, mas aos 10 minutos da segunda parte, e em menos de um minuto, Reinaldo Garcia e Jorge Silva ampliaram para um dilatado 4-0.
João Alves ainda reduziu, mas Vítor Hugo, já no último minuto, pôs um ponto final na partida.
FC Porto e SC Tomar voltarão a defrontar-se na Supertaça António Livramento, que marcará o arranque da próxima temporada.


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins