A seleção nacional de hóquei em patins perdeu ontem, com a seleção francesa, por 5-3, naquele que foi o segundo jogo da equipa, no campeonato europeu de hóquei em patins.

A equipa das quinas não entrou bem na partida e, aos 10 minutos de jogo, perdia por 2-0, com uma seleção francesa cada vez mais confiante, resultado que se manteve até ao intervalo.

No segundo tempo, o golo de Portugal chegou logo no primeiro minuto, saído do stick de João Rodrigues, antevendo 25 minutos com a equipa lusa mais aguerrida. Mas foram os franceses a marcar novamente e a dilatarem o marcador para 4-1. A terminar, Gonçalo Alves, ainda reduz para 4-2, mas França marcou o quinto e, de novo Gonçalo Alves, fechou as contas para Portugal, ao marcar o terceiro e último golo do jogo.

Jorge Silva considerou «natural que, com a evolução do resultado» a equipa ter «de sair um pouco do que é o nosso registo e não conseguimos reagir da melhor forma». Segundo o atleta, a seleção não conseguiu «aplicar o que devia ter aplicado e nunca nos sentimos confortáveis a chegar à baliza da França» que «tinha a sua estratégia, foi muito bem conseguida e nós não tivemos a capacidade de conseguir ultrapassá-la. Resume-se a isto. É tentar perceber o que hoje correu menos bem e foi a última oportunidade de falhar. Temos já uma final contra a Itália e é nisso que nos vamos focar», afirmou.

Na opinião do selecionador nacional, Renato Garrido, a equipa começou «por ter entrado mal no jogo e, dois golos de vantagem obrigou-nos, a nível defensivo, a arriscar mais». Para Garrido as oportunidades foram sendo criadas, mas «não as conseguimos concretizar em golos e a França, nas oportunidades que ia criando, quase sempre nas que teve, foi eficaz, com mérito. Hoje faltou-nos, além de eficácia, um pouco mais daquilo que é pretendido para nós a nível de intensidade defensiva, que foi onde não tivemos ao nível que desejávamos».

«Amanhã teremos mais uma final, mais decisiva do que esta. Uma equipa diferente, mas que tudo faremos para dar a volta à primeira derrota que tivemos com a seleção nacional. Temos de abordar o início dos jogos de uma forma diferente. O nosso objetivo é entrar fortes frente à Itália e com muita vontade, outra vez, de ganhar», concluiu.

Hoje Portugal defronta a seleção italiana, às 21:45h. Assista aos jogos da seleção na RTP1 ou em FPP TV.

Toor Azemad

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins