Os golos de Gonçalo Nunes, a três minutos do intervalo, e de Gonçalo Meira, a poucos segundos do fim, mas principalmente uma actuação exemplar a nível defensivo, valeram o quarto título mundial de Sub-20 a Portugal, terceiro consecutivo.
Antes Portugal vencera – na primeira edição da prova – em 2003 (Montevideu, Uruguai), 2013 (Cartagena das Índias, Colômbia) e 2015 (Vilanova i la Geltrů).
De realçar que, para além dos indefectíveis pais e amigos que acompanharam os jovens portugueses ŕ China, os Sub-20 contaram com o apoio na bancada das Selecçőes Nacionais de Seniores Masculinos e Femininos de Hóquei em Patins, da Selecção Nacional de Patinagem Artística e da Selecção Nacional de Patinagem de Velocidade, num momento de união das várias disciplinas da Federação de Patinagem de Portugal.
Ficha de jogo
Resultado final: Espanha, 0 – Portugal, 2 (0-1 ao intervalo)
Espanha: Martí Zapater (gr), Alex Joseph, Roger Bars, Luis Ricart e Albert Bigas – cinco inicial – Adria Ballart, Aleix Domenech, Jordi Mendez, Pablo Najera e Xavier Arcas (gr).
Treinador: Sergi Maciŕ.
Portugal: Tiago Rodrigues (gr), Gonçalo Nunes (1), João Lima, Gonçalo Meira (1) e António Trabulo – cinco inicial – Carlos Ramos, Hugo Santos, Tomás Pereira, Tiago Almeida e Bernardo Mendes (gr).
Treinador: Luís Duarte.
Disciplina: Nada a registar.


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins