Em Correggio, a selecção portuguesa teve uma primeira parte mais eficaz do que na primeira partida, frente a Inglaterra, e chegaria ao intervalo a vencer por seis golos sem resposta.
Na etapa complementar, Portugal dilatou a sua vantagem até aos 11 golos, antes dos alemães apontarem o seu tento de honra.
Em véspera de dia de folga, marcaram Gonçalo Gomes, por quatro vezes, Lucas Santos, por três, e Diogo Barta, Ricardo Fallé, Rafael Oliveira e Rodrigo Martins, uma vez cada.
No regresso ŕ pista, na próxima quarta-feira, a Selecção Nacional tem jornada dupla marcada no grupo A, defrontando Israel e França.


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins