O primeiro golo demorou a surgir, mas Portugal não mais pararia de marcar.
Depois do tento inaugural de Carlos Ramos, a selecção orientada por Nuno Ferrão chegou a uma vantagem de cinco golos ao intervalo e foi demolidora na segunda parte.
12 golos nos segundos 25 minutos transformaram a vitória portuguesa no resultado mais dilatado deste Campeonato da Europa e subiu ao primeiro lugar – em igualdade pontual com Itália e Espanha – pela diferença de golos.
Por Portugal alinharam de início Bernardo Mendes (gr), João Lima, Tomás Pereira (apontou 1 golo), António Trabulo (2) e Hugo Santos (2) e jogaram ainda Carlos Ramos (4), Frederico Neves (1), Gonçalo Neto (4), João Maló (3) e Alejandro Edo (gr).
Esta quarta-feira, a Selecção Nacional tem o seu primeiro grande teste no primeiro grande jogo deste certame, defrontando no Pavilhão de Monserrate a Itália, a partir das 21h.
#YOUTUBE dv2mJ0F3_EM


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins