A Alemanha perfilava-se como um excelente teste para as capacidades da selecção portuguesa, mas Portugal logrou os três pontos.
A selecção orientada por Carlos Pires adiantou-se cedo, com um golo de Marlene Sousa, mas a falta de eficácia seria penalizada com o empate, de livre directo, sobre o intervalo.
Na etapa complementar, Portugal mostrou outra face, mais pressionante, mais intensa.
Valeu desde logo o segundo golo, novamente por Marlene Sousa, e, apesar de faltarem golos, a Selecção Nacional encostava as germânicas.
Aos dez minutos, Maria Sofia Silva fez o 3-1, e a três minutos do fim, Ana Catarina Ferreira, de grande penalidade, ampliou para o 4-1 que perduraria no marcador.
Portugal alinhou com Maria Celeste Vieira, Ana Catarina Ferreira (1 golo), Inês Vieira, Maria Sofia Silva (1) e Marlene Sousa (2) – cinco inicial – e Sofia Moncóvio, Margarida Florêncio, Renata Balonas e Beatriz Figueiredo.
Margarida Florêncio viu um cartão azul.
Nas bancadas, esteve presente no apoio ŕ Selecção Nacional a escola de samba Gres Batuque, onde a guarda-redes Rute Jorge é sambista.
Esta quarta-feira, Portugal defronta a França a partir das 21h.
#YOUTUBE poHDy4-4F0A


0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Toor

Patrocinadores Oficiais do Hóquei em Patins